América do Sul, Dicas

TRABALHO EM TROCA DE ACOMODAÇÃO, MUNDO AFORA!

Já pensou em trocar algumas horinhas de trabalho voluntário por acomodação em vários lugares do mundo? Sim, é possível! E é uma forma supereconômica de viajar, que muda toda nossa história, nos possibilita compartilhar habilidades e conhecimentos com outros viajantes, entrar em contato com outras culturas e simplesmente explorar novos lugares

Já ouviu falar de Worldpackers?
Se você ainda não conhece essa ferramenta surpreendente, vamos lá!

Worldpackers é a plataforma que possibilita você viajar e morar em qualquer lugar do mundo, em troca de apenas algumas horas de trabalho. É isso mesmo! Trabalho em troca de acomodação. O trabalho em si inclui alguns benefícios como estadia, por vezes alimentação, uso da lavanderia e outros. Todas as informações ficam descritas no perfil dos hosts no site ou aplicativo. No caso de passagem aérea, seguro viagem e visto, isso fica por sua conta.

Por que trabalhar em troca de hospedagem?
Há muitas razões para se inscrever nesse tipo de trabalho voluntário, a primeira delas é a possibilidade de economizar uma boa grana que seria gasta com hospedagem e alimentação em suas viagens.
Por exemplo: imagine que você vai passar 15 dias em “Santiago – Chile”, pagando diárias e almoçando fora, além de ficar correndo atrás de informações para conhecer os melhores pontos turísticos da cidade. Pois bem, agora veja você no mesmo lugar, trocando suas habilidades de trabalho durante quatro horas do seu dia, na recepção e em troca disso você recebe uma boa acomodação, café da manhã, uso da lavanderia e a oportunidade de conhecer novas pessoas de todos os lugares do mundo, e viver de fato o local e suas histórias.
Claro que tudo isso varia um pouco, existem lugares que te oferecem o básico, como café da manhã e a acomodação, e tem também os que te oferecem praticamente tudo, além da acomodação, toda a parte de alimentação, o serviço de lavanderia, descontos em passeios, pontos turísticos, aulas de idiomas, dança, yoga e até mesmo uma bicicleta.
O importante é saber quais são suas habilidades e quais você realmente tem a vontade de adquirir.

As funções para as quais você pode se aplicar, variam dependendo do local escolhido, como recepção, organização e limpeza, guia turístico, fotografia e vídeos, pintura e decoração, ajudante de cozinha, projetos ecológicos e muito mais. Em relação ao tempo de estadia no local, existem opções que te aceitam para algumas semanas e outras que te aceitam durante meses. É importante verificar as informações e requisitos que o host propõe no perfil.

Pois bem! O que fazer?
Descreva suas habilidades em seu perfil e aplique para o que mais gosta de fazer. É simples, fácil e rápido.

E qual o valor?
É preciso pagar uma pequena taxa de adesão, ela é necessária para acessar detalhes das vagas e dos anfitriões. É algo muito irrelevante, se comparado ao preço de uma estadia em qualquer lugar do mundo. A taxa é anual, custa $49 dólares e você tem a carência de um ano para aplicar em vários lugares. Lembrando que, na verdade, nesse tipo de experiência o que paga mesmo a sua estadia é o seu trabalho. O primeiro passo para se inscrever é registrar seus dados pessoais. Depois fornecer uma forma de pagamento, que pode ser cartão de crédito ou boleto bancário.

Uma vez realizada a reserva via Worldpackers, você tem garantido o contato com o host, a plataforma serve para conectar ambas as partes, serve como intermediária. Daí a importância de checar bem o local para onde está indo, conversar com o anfitrião, ler as avaliações de ex-voluntários e tirar todas as suas dúvidas antes de cair na estrada.

A Worldpackers é confiável?
Bom, eu viajo pela plataforma e nunca tive problema, pois faço todo contato com os outros viajantes que também tenham sido recebidos no mesmo local. Além de tirar todas as dúvidas com o anfitrião, procuro recomendações e avaliações. A Worldpackers garante que, uma vez combinada as datas e o período de tempo em determinado local, você não fica na mão. A plataforma garante que há a verificação de todos os hosts cadastrados no site. Além disso, oferece suporte 24h por dia e uma espécie de seguro que inclui 3 noites em um outro hostel na mesma cidade, caso você não esteja contente com o local que escolheu.

Quais tipos de lugares existem na plataforma?
É possível trabalhar em hostels ou pousadas, ONGs, pequenas empresas, em casa de família ou, ainda, em projetos sociais e ambientais.

Outras dicas para viabilizar sua viagem:
Além do Wordpackers existem outras iniciativas de trabalho voluntário, como o WWOFAISEC e o Workaway.
O já conhecido CouchSurfing, que nada mais é que o famoso “posso dormir uma ou duas noites no seu sofá / sala / qualquer cantinho”, e que pode ser arranjado no site oficial ou mesmo em grupos espalhados pela internet, é um recurso muito válido para quem viaja com pouca grana e também quer conhecer pessoas do local que vai visitar.

Eu recomendaria?
Sim! A oportunidade de fazer novas amizades e as aventuras do dia-a-dia é um aprendizado incrível. Me ajudou a descobrir um mundo que não conhecia, pessoas incríveis e histórias surpreendentes. Quando alguém me pergunta se deve fazer e se eu recomendo, me faltam palavras para enfatizar na mesma intensidade que vivo esse momento, o quanto eu recomendo e desejo que todos passem por isso.

Aqueles que querem conhecer a plataforma, vou deixar o link e também um Código de Desconto de $10 dólares, para ser um Membro Verificado, ou seja, se utilizar o código irá pagar a taxa anual de apenas $39 dólares. Se houver dúvidas, me procurem nas redes sociais, terei o prazer de responder e ajudar aqueles que desejam ter essa experiência e cair na estrada.

Site:
www.worldpackers.com

Código de Desconto:
#WPNATHALIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *